Saturday, February 28, 2009

and yet another blog... :)

As fotos foram tantas e a experiência foi tão especial que resolvemos criar um blog... sim, mais um. Passem por na terça-feira... Estamos em pulgas para partilhar!

The photos were so many and the experience was so special that we decided to start a blog... yes, one more. So, check it out tuesday... We can't wait to share!
{photo by: Sam}

Friday, February 27, 2009

sometimes you must change the set a bit


There is no occasion when meals should become totally unimportant. Meals can be very small indeed, very inexpensive, short times taken in the midst of a big push of work, but they should always be more than just food. Relaxation, communication, and a measure of beauty and pleasure should be part of even the shortest of meal breaks.
- Edith Schaeffer

Sunday, February 22, 2009

wrist-warmers by mom


I was in love with these, by Toast and I challenged my mom to make me some... Christmas has gone by, but it was so lovely to receive these. I actually saw mom finishing them up and learned how to make them. I guess I'll try next winter and give them as gifts. They're so lovely, cozy and warm :)
Obrigada, mãezuca!!! Mãozinhas de ouro... ;)
And now I must continue getting ready for tomorrow... although I really don't feel like packing or cleaning... But I'm looking forward to a few days of being with hon and dear friends in a beautiful, peaceful place.


Saturday, February 21, 2009

{teens' meeting}






It's always fun and special to be around this bunch of people ;)



Shine on!

Thursday, February 19, 2009

{sock leap}


Totally inspired by Jek in the box :)
You can see Jek's photo here.

This is to remind me daily to be playful, to trust and to dare!
Dedicated to you, Jek ;)

Wednesday, February 18, 2009

color week ::: pink

today I catched a falling star

{Catch a falling star
and put it in your pocket
Never let it fade away
Catch a falling star
and put it in your pocket
Save it for a rainy day}

{fast, experienced hands}

Too fast for me to learn some more... But beautiful to watch.

[his grandma]

{breaths of spring}

The other day I saw the first poppy and the first swallow. Spring must be coming soon. I smiled alone at the sight of these. I spoted two lonely poppies in a field of green and I couldn't stop smiling. So much beauty! So fragile and so beautiful. I think poppies are my second favorite flower. They also make me feel nostalgic.

Tuesday, February 17, 2009

what to do with a jar of dried tomatoes...?

Miguel and Shana had brought us this lovely jar of dried/smoked tomatoes with herbs and I've been wondering about what to do with them... until...

Check here.

Monday, February 16, 2009

color week ::: yellow

Ontem não foi um dia em que tivesse proliferado o amarelo... ou então, era eu que não estava atenta.

Sunday, February 15, 2009

Escrever a partir d' "A Cavalagada das Valquírias"

Quando apresentei Wagner às crianças, dei-lhes a ouvir um bocadinho da Marcha Nupcial (que todas já conheciam) e d'A Cavalgada das Valquírias (que muitos reconheceram por já terem ouvido algures). Deram risadas quando lhes disse como impressionar alguém no próximo casamento, falando do compositor da peça. Numa outra aula, ouvimos parte d'A Cavalgada das Valquírias e pedi-lhes para escreverem uma história que lhes surgisse ao longo da audição - a primeira coisa que lhes viesse à cabeça. Com os mais pequenos foi diferente - contaram a história. Nos textos dos mais velhos surgiram muitos castelos, dragões, reis e princesas, florestas, uma história de arrepiar ("Olha que é uma história de terror", disse-me a autora), referências ao acto de voar, etc.
Deixo-vos com um dos textos mais alucinados, pelo Diogo M. (9 anos). Quase que acredito que ele passou pelas brasas enquanto ouviu a música e simplesmente escreveu o que sonhou :)
"Vamos voar! Vamos voar! Vamos voar para sempre!
Olha uma coruja, uma águia. Tantos pássaros!!!!
Vamos caír muito depressa. Mas já está arranjado. Estamos outra vez a voar.
O óleo está entornado na floresta e caíu na água.
Um homem está na floresta a apanhar o óleo mas ele caíu e foi parar ao beco sem saída, na floresta.
Os bombeiros chegaram e apanharam o óleo!
O cão saltou para a piscina e afogou-se para sempre."

Saturday, February 14, 2009

{time machine}



Há pouco tempo recebemos um telefonema da senhora da quinta onde passámos o dia 17 de Agosto... a convidar-nos para um almoço oferecido a toda a gente que lá se casou em 2008. Boa. Foi hoje e lá fomos nós, meio a medo, sem conhecer ninguém, semi-preparados para ouvir covers sempre iguais de músicas lamechas (ao som de saxofone, a cantar sobre samples...oh well), mas consolados com a ideia de um almoço grátis.
O almoço estava muito bom, é verdade... mas a nossa parte favorita foi quando sortearam os nossos nomes e ganhámos um fim de semana numa pousada de Portugal (à escolha), com pensão completa! "Aproveitem bem, filhos. Escolham a melhor", foi o que nos disse a Dona Maria João (que é uma querida). Vamos tentar, descanse :)
Trouxémos finalmente os artefactos que tínhamos deixado para trás e a Alice já lhes deu bom uso. Há coisa mais interessante a fazer com um globo de papel do que enfiar a cabeça e lá ficar presa?!

color week ::: brown {yesterday}

{cinnamon rolls}

Easy. Soooo yummy. Pretty. Sweet-smelling. Fun to bake. Need I say more?

I missed baking cinnamon rolls and recently I found this recipe by the lovely Emily, although hers are super pretty. Mine turned out bit wonky, but... who cares? They're delicious anyway!

These were baked to celebrate hon's good grade on a paper for his masters degree. :)

{wip}

{Cath Kidston fabric on the right}

Thursday, February 12, 2009

{respirar a primavera}

Hoje cheira a Primavera. Respiro-a por todos os poros. Sinto-me invadida por uma nostalgia difícil de sacudir do corpo. Sinto-a no sol que me obriga a semi-cerrar os olhos. Sinto-a nos diálogos entre pássaros. Nas roupas mais leves dos traseuntes. No aroma tímido dos rebentos que já espreitam em algumas árvores. Na frutaria pergunta-se se haverá dias sem chuva até à Primavera...

O céu está de um azul tão azul que tudo o resto parece mais bonito, as cores e os brilhos estão mais intensos. Os dias são mais longos.



Sinto-me sempre nostálgica quando uma estação está prestes a sucumbir.

{memory-carrier #2}

With 3 pockets to carry found objects, little drawings, a poem written on the back of a receipt, photographs, a pressed flower... all you can think of that is small and precious.
............
Com 3 bolsos para transportar objectos encontrados, pequenos desenhos, um poema escrito nas costas de um recibo, fotografias, uma flor prensada... tudo o que imaginares que seja pequeno e precioso.


Memory carrier #1 available here.

things that make me smile

Ontem e hoje falámos sobre cantar em "cânon" numa certa turma de 3º ano. Hoje perguntei...
"Então digam-me lá o que acham que é canon". O João R lá explicou pelas suas palavras o melhor que pôde e não estava muito longe. O T. Guedelha (que curiosamente tem um cabelão à Beatles) estava com o dedo no ar, desejoso de falar. "Cânon é 'anda cá'.", disse muito convicto. Demorei uns 2 segundos a perceber o raciocínio dele e depois dei uma gargalhada que contagiou todos, mesmo antes de perceberem. Lá expliquei que "canon" não é o mesmo que "come on" e aí rimos todos. O T. incluído. Agradeci-lhe por me fazer rir e ele ficou contente.
Isto fica um pouco descontextualizado para quem não o conhece ou à turma. São super descontraídos, amigos, cúmplices e entusiasmados. Foi uma das aulas mais divertidas que tive até agora. Não só por causa deste episódio. Dançámos todos a música "Cabo verde na Coração" [Sara Tavares] como se não houvesse nada mais divertido no mundo. Ninguém estava inibido e ninguém julgou ninguém por dançar de uma forma esquisita - estavamos todos simplesmente no momento e a aplaudir com o olhar e os gestos a individualidade e expressividade de cada um. Quis congelar o momento, guardar numa caixa as carinhas satisfeitas de cada um para as ver sempre que precisasse.
Há qualquer coisa de muito especial acerca de estarmos completamente à vontade com um grupo de crianças em particular. Sentimos a liberdade para ser nós próprios - clumsiness and sillyness and all. E elas "leêm-nos" como mais ninguém. Percebem-nos sem termos que explicar. Nós, (pseudo)adultos, perdemos essa capacidade de "ler" as pessoas e ficamos um bocadinho disléxicos por causa disso. Quero muito aprender com elas.

color week ::: red