Monday, March 05, 2007

António Lobo Antunes

Já foi há um bocadinho, mas não posso deixar de comentar uma peça que fui assistir ao Dª Maria. Num ambiente intimista e simples, um grupo de actores mostrou o resultado de um workshop de 5 semanas, dedicado a quatro crónicas do Lobo Antunes. O encenador - Aderbal Freire-Filho - é conhecido por transpor literalmente o texto para o palco. Não se perde palavra alguma, o que acaba por exigir um esforço redobrado de interpretação e criatividade. Achei brilhante o resultado e, nitidamente, só poderia ter brotado de um trabalho intenso de brainstorming em grupo.

Para lerem mais (e porque estou com pouco tempo e vontade) vão aqui

2 comments:

Distopias said...

Lobo Antunes :)

O Manual dos Inquisidores é do melhor que alguma vez li :)

beijos
ângelo

Su said...

Andava por aqui a procurar coisas giras e vi o teu blog. Apeteceu-me comentar, pq tenho uma admiração profunda pelo António Lobo Antunes. Uma escrita fabulosa que reflecte uma mente muito, muito acima da média...Bjs.Su